Microssegundo

Da Wikipédia, a enciclopédia livre
Ir para a navegação Saltar para pesquisar
Esta animação ilustra a geração dos detritos e nuvens ejetadas após um projétil esférico de alumínio impactar uma fina placa de alumínio a aproximadamente 7 km/s. O intervalo de quadros é de cerca de 1 microssegundo.

Um microssegundo é uma unidade SI de tempo igual a um milionésimo (0,000001 ou 10 −6 ou 11.000.000 ) de um segundo . Seu símbolo é μs , às vezes simplificado para nós quando o Unicode não está disponível.

Um microssegundo é igual a 1.000 nanossegundos ou 1 / 1.000 de um milissegundo . Como o próximo prefixo SI é 1000 vezes maior, medições de 10 −5 e 10 −4 segundos são normalmente expressas como dezenas ou centenas de microssegundos.

Exemplos

  • 1 microssegundo (1 μs ) - tempo de ciclo para frequência 1 × 10 6  hertz (1 MHz), a unidade inversa. Isso corresponde ao comprimento de onda de rádio 300 m (banda de onda média AM ), que pode ser calculado multiplicando 1 μs pela velocidade da luz (aproximadamente3,00 × 10 8  m/s ).
  • 1 microssegundo – o período de tempo de um flash de luz estroboscópica comercial de alta velocidade (consulte o flash de entreferro ).
  • 1,8 microssegundos – a quantidade de tempo subtraída do dia da Terra como resultado do terremoto japonês de 2011 . [1]
  • 2 microssegundos - o tempo de vida de uma partícula de muônio
  • 2,68 microssegundos – a quantidade de tempo subtraída do dia da Terra como resultado do terremoto de 2004 no Oceano Índico . [2]
  • 3,33564095 microssegundos - o tempo que a luz leva para percorrer um quilômetro no vácuo
  • 5,4 microssegundos - o tempo que a luz leva para viajar uma milha no vácuo (ou ondas de rádio ponto a ponto em um vácuo próximo)
  • 8,01 microssegundos – o tempo que a luz leva para percorrer uma milha em um cabo de fibra óptica monomodo típico
  • 10 microssegundos (μs) – tempo de ciclo para frequência de 100 kHz , comprimento de onda de rádio 3 km
  • 18 microssegundos – quantidade líquida por ano que a duração do dia aumenta, em grande parte devido à aceleração das marés . [3]
  • 20,8 microssegundos – intervalo de amostragem para áudio digital com 48.000 amostras/s
  • 22,7 microssegundos - intervalo de amostragem para áudio de CD (44.100 amostras/s)
  • 38 microssegundos – discrepância na hora do satélite GPS por dia (compensada pela velocidade do relógio) devido à relatividade [4]
  • 50 microssegundos – tempo de ciclo para o tom audível mais alto (20 kHz)
  • 50 microssegundos – para ler a latência de acesso para uma unidade de estado sólido moderna que contém dados de computador não voláteis [5]
  • 100 microssegundos (0,1 ms) - tempo de ciclo para frequência 10 kHz
  • 125 microssegundos - intervalo de amostragem para áudio de telefone (8.000 amostras/s)
  • 164 microssegundos - meia-vida do polônio -214
  • 240 microssegundos - meia-vida de copernicium -277
  • 250 microssegundos – tempo de ciclo para o tom mais alto no áudio do telefone (4 kHz) [ citação necessária ]
  • 260 a 480 microssegundos - tempo de ping ICMP de viagem de retorno, incluindo processamento TCP/IP do kernel do sistema operacional e tempo de resposta, entre dois dispositivos Ethernet gigabit conectados à mesma malha de comutação de rede local.
  • 277,8 microssegundos - um quarto (um 60º de um 60º de segundo), usado em cálculos astronômicos por al-Biruni e Roger Bacon em 1000 e 1267 dC, respectivamente. [6] [7]
  • 489,67 microssegundos – tempo para a luz na frequência de 1550 nm percorrer 100 km em um cabo de fibra óptica monomodo (onde a velocidade da luz é de aproximadamente 200 milhões de metros por segundo devido ao seu índice de refração ).
  • O piscar do olho humano médio leva 350.000 microssegundos (pouco mais de 13 segundo).
  • O estalar do dedo humano médio leva 150.000 microssegundos (pouco mais de 17 segundo).
  • Um flash de câmera acende por 1.000 microssegundos.
  • A velocidade padrão do obturador da câmera abre o obturador por 4.000 microssegundos ou 4 milissegundos.
  • 584542 anos de microssegundos cabem em 64 bits: (2**64)/(1e6*60*60*24*365,25)

Veja também

Referências

  1. ^ Bruto, RS (14 de março de 2014). "Terremoto no Japão pode ter encurtado os dias da Terra, movido o eixo" . JPL Notícias. Laboratório de Propulsão a Jato . Recuperado em 23 de agosto de 2019 .
  2. ^ Cozinheiro-Anderson, Gretchen; Beasley, Dolores (10 de janeiro de 2005). "NASA detalha os efeitos do terremoto na Terra" . NASA . Recuperado em 18 de setembro de 2021 .
  3. ^ MacDonald, Fiona. "Os dias da Terra estão ficando 2 milissegundos mais longos a cada 100 anos" . Alerta Ciência . Recuperado 2017-03-08 .
  4. ^ Richard Pogg. "GPS e Relatividade" . Recuperado em 2011-10-01 .
  5. ^ Especificação do produto Intel Solid State Drive
  6. ^ al-Biruni (1879). A cronologia das nações antigas: uma versão em inglês do texto árabe do Athâr-ul-Bâkiya de Albîrûnî, ou "Vestígios do Passado" . Traduzido por Sachau C Edward. WH Allen . págs. 147-149. OCLC 9986841 . 
  7. ^ R Bacon (2000) [1928]. O Opus Majus de Roger Bacon . tradutor: BR Belle. Imprensa da Universidade da Pensilvânia . tabela virada para a página 231. ISBN  978-1-85506-856-8.

Links externos