Eurocódigo 7: Projeto geotécnico

Logotipo do Eurocódigo 7

Na série Eurocódigo de normas europeias (EN) relacionadas com a construção , o Eurocódigo 7: Projeto geotécnico (abreviado EN 1997 ou, informalmente, EC 7 ) descreve como projetar estruturas geotécnicas , utilizando a filosofia de projeto de estado limite . É publicado em duas partes; “Regras gerais” e “Investigação e testes de terreno”. Foi aprovado pelo Comité Europeu de Normalização (CEN) em 12 de junho de 2006. Como outros Eurocódigos , tornou-se obrigatório nos estados membros em março de 2010. [1]

O Eurocódigo 7 destina-se a:

  • ser usado em conjunto com a EN 1990 , que estabelece os princípios e requisitos de segurança e operacionalidade, descreve a base do projeto e da verificação e fornece diretrizes para aspectos relacionados à confiabilidade estrutural,
  • ser aplicado aos aspectos geotécnicos do projeto de edifícios e obras de engenharia civil e preocupa-se com os requisitos de resistência, estabilidade, facilidade de manutenção e durabilidade das estruturas.

O Eurocódigo 7 é composto pelas seguintes partes

Parte 1: Regras gerais

A EN 1997-1 destina-se a ser utilizada como base geral para os aspectos geotécnicos do projecto de edifícios e obras de engenharia civil.

Conteúdo

  • Em geral
  • Base do design
  • Dados geotécnicos
  • Supervisão de construção, monitoramento e manutenção
  • Enchimento, desidratação , melhoria do solo e reforço
  • Espalhe fundações
  • Fundação profunda (fundações por estacas)
  • Ancoragens
  • Estruturas de contenção
  • Falha hidráulica
  • Estabilidade geral
  • Aterros

A EN 1997-1 é acompanhada pelos Anexos A a J, que estabelecem:

  • Anexo A Valores recomendados de fator de segurança parcial; valores diferentes dos fatores parciais poderão ser fixados pelo Anexo Nacional.
  • Anexos B a J Orientações informativas complementares, tais como métodos de cálculo aplicados internacionalmente.

Parte 2: Investigação e testes de solo

A EN 1997-2 destina-se a ser utilizada em conjunto com a EN 1997-1 e fornece regras complementares à EN 1997-1 relacionadas com o planeamento e relatórios de investigações no terreno, requisitos gerais para uma gama de testes laboratoriais e de campo normalmente utilizados, interpretação e avaliação de resultados de ensaios e derivação de valores de parâmetros e coeficientes geotécnicos.

Parte 3: Projeto assistido por testes de campo

Não existe mais uma Parte 3. Ela foi amalgamada na EN 1997-2

Referências

  1. ^ "eurocodes.co.uk" . Arquivado do original em 10/09/2009 . Recuperado em 28/09/2009 .

links externos

  • Eurocódigos: Construindo o Futuro O site da Comissão Europeia sobre os Eurocódigos EN
  • Site da indústria de construção Eurocodes Expert UK com informações abrangentes e recursos de suporte para implementação dos Eurocódigos BS EN.
  • Um guia simples para designers para BS EN 1997 Guia de design do Reino Unido com vários exemplos práticos usando EN 1997.
  • EN 1997: Projeto geotécnico
  • EN 1997: Projeto geotécnico - workshop "Eurocódigos: Antecedentes e aplicações" Arquivado em 14/04/2012 na Wayback Machine


Obtido em "https://en.wikipedia.org/w/index.php?title=Eurocode_7:_Geotechnical_design&oldid=1214631563"