'Encore' mandarim

Da Wikipédia, a enciclopédia livre
Ir para navegação Pular para pesquisar
King x Willowleaf 'Encore'
Filiação híbridaKing × Willowleaf
Cultivar'Encore'
OrigemCalifórnia , Estados Unidos

A tangerina ' Encore' é uma cultivar cítrica. [1]

Essa cultivar é um híbrido de duas tangerinas (King x Willowleaf ), obtidas pela HBFrost, na Califórnia . Começou a ser comercializado a partir de 1965. É cultivado no Japão , em estufas . Em Portugal , a sua área aumentou devido aos preços elevados das frutas, mas neste momento está estabilizada ou diminuindo. A árvore tem um aspecto característico, dado pelos ramos que formam um ângulo agudo com o eixo central da árvore, sem observar ramos pendentes. A fruta é de excelente qualidade interna, embora seu teor de vitamina C seja relativamente baixo quando comparado a uma laranja . [2]Cada fruta pode conter 25 ou mais sementes. Em alguns pomares, o número de sementes é reduzido. Tem grande tendência para alternar rumo. No ano de alta safra apresenta baixos teores de potássio . A fruta pode até matar os galhos porque é um coletor muito forte (o mais forte). Algumas vezes as frutas apresentam corrosão da casca, [3] o que é um problema para sua comercialização, principalmente em mercados onde essa fruta não é conhecida. Existem pomares onde não aparecem cavidades até a colheita, ou as cavas para casca não são notórias.

Outro problema é a quebra dos frutos no outono. [4] [5]

Referências

  1. ^ Jousse, Jorma Koskinen e Sylvain. "Citrus pages / Mandarin hybrids" . citruspages.free.fr . Página visitada em 30/03/2018 .
  2. ^ Duarte, A .; Caixeirinho, D .; Miguel, MG; Sustelo, V .; Nunes, C .; Mendes, M .; Marreiros, A. (2010). "Conteúdo de vitamina C em citros de sistemas convencionais e orgânicos de agricultura" . Acta Horticulturae (868): 389–394. doi : 10.17660 / actahortic.2010.868.52 . hdl : 10400.1 / 1158 .
  3. ^ Maia, M; Medeira, M; Pinto, M; Duarte, A (2004). "Corante pré-colheita de tangerina 'Encore': sinais histológicos iniciais de distúrbio do pericarpo e extensão do distúrbio" . Scientia Horticulturae . 99 (2): 143–152. doi : 10.1016 / S0304-4238 (03) 00088-8 . hdl : 10400.1 / 2786 .
  4. ^ Pinto, M; Duarte, A (1999). "Acidentes fisiológicos do fruto em tangerineira" Encore " " . Actas de Horticultura . 26 : 223–228.
  5. ^ "encore" . citrusvariety.ucr.edu . Retirado em 4 de setembro de 2019 .